Sunday, 14/07/2024 - 23:38
05:42 | 28/06/2019
Feliz a casa e mais feliz, ainda, o patrão que possui um criado esperto, que ouve, sim, as suas ordens mas não as executa; ao contrário, faz tudo segundo a própria cabeça.
Certa vez, um desses João-espertos foi mandado pelo patrão procurar uma vaca tresmalhada. O criado estava-se demorando muito lá fora, mas o patrão dizia de si para si: “O meu fiel João não é um vadio, um desses que tira o corpo diante do trabalho pesado!”; vendo, porém, que ele tardava demais a voltar, começou a recear que lhe tivesse acontecido alguma desgraça e resolveu ir à sua procura.
Procurou-o de um lado para outro e, finalmente, viu-o correndo para cima e para baixo no meio do campo.
– Então, caro João, – disse o amo quando chegou perto, – já encontraste a vaca que te mandei procurar?
– Não senhor, – respondeu ele, – não encontrei, a verdade, porém, é que nem a procurei.
– E que é que procuraste então?
– Algo muito melhor; e consegui achar.
– Mas, que foi que achaste, João?
– Três melros! – respondeu o criado.
– E onde estão?
– Um estou ouvindo, o outro estou vendo, e o terceiro estou caçando! – respondeu todo triunfante o espertalhão.
Que isto vos sirva de exemplo: não vos preocupeis com as ordens recebidas de vossos patrões; é melhor fazer o que vos der na cabeça ou o que gostais de fazer. Assim agireis de pleno acordo com o espertíssimo João.

 

 



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *